Plantando que se aprende: em ação de arborização, limoeirenses se envolvem com educação ambiental

0
107
Visualizações

Do tratamento adequado do lixo em casa até o combate ao desmatamento. Através de uma ação de plantio de cerca de 70 mudas no povoado do Genipapo, o incentivo à contribuição com o meio ambiente foi incentivado por estudantes, professores, e demais integrantes de escolas da rede municipal vinculadas à Comissão  de Meio Ambiente e Qualidade de Vida – Com-Vidas.

De acordo com a coordenadora do Com-Vidas, Jakeline Guilherme, além de arborizar o residencial em Genipapo, o objetivo da atividade – denominada ‘Eu Contribuo com o Meio Ambiente e com a Qualidade de Vida de Limoeiro de Anadia’ – é desenvolver um projeto continuado que envolva a população nas campanhas e ações em defesa do meio ambiente na cidade.

“Pensamos em intensificar as ações de educação ambiental, atraindo a população local para que despertem a vontade de fazer parte”, explicou. “As instituições e o poder público jamais conseguirão efetivar atitudes significativas e duradouras se toda a coletividade não reconhecer a importância de contribuir com as ações socioambientais realizadas”, atenta.

Segundo Jakeline Guilherme, essa contribuição da população pode ocorrer das mais diversas formas. “Atitudes simples como manter seus lares livres de resíduos e entulhos, destinar corretamente seus resíduos produzidos, economizar água, não desmatar áreas florestadas, não atear fogo, sobretudo próximo a residências”, cita. No que diz respeito a Limoeiro, a coordenadora do Com-Vida alerta ainda para as reclamações contínuas relacionadas à queima de lixo, acúmulos em terrenos baldios, desmatamento, e a prática de pesca predatória na Lagoa do Pé Leve.

“É importante que a população reconheça a importância da propagação das boas práticas ambientais para as melhorias da qualidade de vida de todos”, reforça. A atividade é mediada pela Secretaria de Educação, junto à Secretaria de Viação e Obras e à Secretaria de Agricultura.