Conselho Municipal de Segurança toma posse em Limoeiro de Anadia

0
103
Visualizações

Titulares e suplentes do Conselho Municipal de Segurança Pública tomaram posse, na manhã desta quarta-feira (14), durante solenidade realizada no auditório da Promotoria de Justiça de Limoeiro de Anadia. O novo colegiado vai ajudar o Poder Executivo e as forças policiais a traçarem novas políticas de combate à violência no município.

O evento foi prestigiado por diversas autoridades, entre elas o prefeito Marcelo Rodrigues; o vice Luciano Soares; o promotor de justiça, Antônio Malta Marques; o promotor de Justiça, Lucas Schitini de Souza; o juiz da comarca, Giovanni Jatuba, o presidente do Legislativo, Valmir Filho, secretários municipais, além de representantes das polícias Militar e Civil e da sociedade civil organizada.

Os titulares e suplentes empossados nesta quarta-feira foram nomeados através da portaria n° 401/2019 para um mandato de dois anos. A posse dos novos conselheiros foi assinada pelo presidente do Conselho, o prefeito Marcelo Rodrigues.

Representando o procurador-geral de Justiça do Estado, Alfredo Gaspar de Mendonça, o promotor Antônio Malta Marques ressaltou a importância do Conselho. “Esse momento representa um grande avanço na administração do prefeito Marcelo Rodrigues. A segurança pública é dever do Estado, mas direito e responsabilidade de todos nós. É para isso que o Conselho foi criado, para dar vez e voz à sociedade, que atuará de mãos dadas no combate à violência”, ressaltou.

Já o promotor de justiça da cidade, Lucas Schitini, afirmou que a instalação do Conselho Municipal de Segurança será um importante instrumento da população na construção de políticas públicas ligadas a área. “O Conselho é a forma mais óbvia de estreitar a relação entre a comunidade e a polícia”, frisou.

Antes de assinar o termo de posse dos conselheiros, o prefeito de Limoeiro e presidente do Conselho Municipal, Marcelo Rodrigues, afirmou que garantir os avanços necessários na área da segurança pública é sempre um desafio em qualquer esfera pública, principalmente num município onde a população carrega na memória marcas profundas da violência e truculência sofridas no passado.

“Nosso desafio é sempre fazer nascer o novo, a construção do que desejamos e o que ainda vamos construir. E isso, sempre por meio do diálogo e de uma gestão comprometida com a democracia e a participação social. Ao lado do Conselho vamos unir todos os esforços possíveis para trabalharmos com garra e determinação, para avançar sempre mais por uma cultura de paz, de participação social e de efetivação da cidadania. Por uma Limoeiro livre pra crescer e prosperar”, finalizou o prefeito.